sábado, 26 de fevereiro de 2011

Continente Americano

É o segundo maior continente do mundo. Com uma área de 42.189.120 km² e uma população de mais de 750 milhões de habitantes, corresponde a 8,3% da superfície total do planeta e a 14% da população humana. Localizada entre o oceano Pacífico e o Atlântico, a América inclui o Mar do Caribe e a Groenlândia, mas não a Islândia, por razões históricas e culturais.

Formada por duas grandes massas de terra, unidas por uma faixa estreita, divide-se em três partes: do Norte, Central (englobando as nações do mar do Caribe) e do Sul. O continente reúne países marcados por grande diferenças econômicas. Estados Unidos (EUA) e Canadá possuem PIB entre os mais altos do mundo, enquanto a maior parte dos 35 países do continente permanece com imensas dificuldades.

Também é conhecida pelo plural Américas e pela expressão Novo Mundo (em oposição à Europa, considerada o Velho Mundo). Alguns não consideram a América como um continente único, preferindo defini-la como um conjunto de terras composto pelos continentes da América do Norte (que inclui a chamada América Central e o Caribe) e da América do Sul. De qualquer forma, a América compõe-se, de fato, de duas massas de dimensões continentais - as Américas do Norte e do Sul -, ligadas por um istmo (o istmo do Panamá) que é cortado por um canal (o canal do Panamá).

Localização da América no mapa-múndi


Terremoto

       As muitas vezes desastrosas conseqüências dos terremotos variam de acordo com a intensidade do abalo sísmico, o lugar onde se produziu e os efeitos indiretos de sua ação. A perda de vidas humanas é, sem dúvida, o efeito mais trágico e penoso desse fenômeno natural, de grande interesse para os cientistas porque fornece dados para o estudo da estrutura interna da Terra.
         Chama-se terremoto, tremor de terra, sismo ou abalo sísmico a toda movimentação da crosta terrestre devida a causas naturais originárias de vulcanismo ou tectonismo que gera ondas elásticas. A passagem dessas ondas sísmicas pode provocar violentos movimentos na superfície da Terra.
Leia mais

A WEB e o espaço geográfico: analogias

Como forma de investigação sobre o funcionamento e o significado da WEB e da rede Internet algumas analogias com o espaço geográfico podem ser feitas. Do mesmo modo, compreender como essa tecnologia muda nossas vidas e passa a compor, de certo modo, o espaço geográfico é uma reflexão que não pode deixar de ser feita.
Se tivermos em conta que a sociedade se faz pelas relações sociais e que para estas é necessário um espaço geográfico que as propicie – meios de transporte e cidades, por exemplo, a web e a internet também constituem um espaço – um ciberespaço, como é chamado esse meio de comunicação e informação.
Tanto o espaço geográfico quanto o ciberespaço são contextos relacionais, e eles próprios se relacionam e se interpenetram. Aqui vamos expor alguns aspectos dessas relações entre esses dois espaços e apontar o que cada um possibilita e logicamente suas diferenças.

Popular Posts