quinta-feira, 16 de maio de 2013

Os sete mares do velho testamento


OS SETE MARES DO VELHO TESTAMENTO:



            1 - O MAR NEGRO: Antigamente  o Mar Asquenaz  cuja parte do sul banha a Ásia menor, e realmente pertence a geografia do V.T. Situa-se atualmente ao sul da Rússia européia e ao  norte da Turquia. Nos dias do mundo antigo "as ilhas das naç¨es das suas terras..." Gn. 10:15 e muitas vezes simplesmente, "as ilhas..." Sl. 72:10; 97:1; Is. 42:4,10 Sf. 2:11, ficavam ao lado Ocidental do  Mar Negro.
               2 - O MAR CÁSPIO: Localizado  na  região  nordeste do mundo antigo ao sudeste da Rússia européia da atualidade.
               3 - GOLFO PÉRSICO:  Que  fica ao sudeste do  mundo antigo e, atualmente separa a Arábia Saudita do Irã. O desejo insano do Imperador Guilherme da Alemanha para estender o seu Império  até o Golfo foi que serviu como uma das causas  da  primeira guerra mundial(1914-1919).
               4 - MAR VERMELHO: Situado ao sudeste do mundo  antigo. Conserva seu nome até o dia de hoje. Apenas dois braços superiores que formavam a Península do Sinai é que pertencem ao mundo Bíblico. Ex. 13:18; 14:26-31; I Reis 9:26; At. 7:36; Heb. 11:29.
               5 - O MAR MORTO: Chamado  também de Mar de  Arabá, Mar  de Campina do Jordão e Mar  Salgado (Gn, 13:10;  14:3; Is. 3:16; 15:2). Fica dentro da terra da Palestina, ao sul e ao norte do braço oriental do Mar Vermelho. Até hoje as suas águas tem fama devido aos ricos depósitos de fosfatos que produzem uma salinidade fora do comum. Aliás, tal condição faz da região uma das mais ricas do  mundo  atual. As cidades de Sodoma e Gomorra se  situavam  ao lado oriental do Mar Morto. Gn. 13:10.
               6 - O MAR DA GALILÉIA: Fica cerca de 90 Km ao norte do Mar Morto e é chamado também de Quinerete (Num. 34:11)  Genesaré Lc. 5:1 e Tiberíades Jo. 6:1.
               7 - O MAR MEDITERRÂNEO: Também chamado de Mar Ocidental Dt. 11:24;34:2, e o Grande Mar Js. 1:4; 9:1; Dn. 7:2.O único grande mar conhecido dos hebreus já que os grandes oceanos dos nossos dias lhes eram desconhecidos. Torna-se importante na  história bíblica devido o seu significado dentro do quadro profético da  Bíblia  Dn. 7:2 e mais especificamente pelas  experiências  de dois vultos bíblicos: Jonas e Paulo, um do V.T. e outro do  N.T.. Cada um recebeu uma chamada para a obra missionária: cada um devia deixar a sua terra para entregar a sua mensagem em terras estrangeiras; cada um na sua viagem missionária sofreu as intempéries do marcada um recebeu a consideração dos marinheiros; um estava fora da  vontade de Deus e outro DENTRO dela, o que quer dizer que  as circunstância  nem sempre servem como prova incompatibilidade  do crente quanto a vontade de Deus.

Popular Posts