quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

gêiser

Foto: O gêiser é uma demonstração espetacular do poder da Terra no subsolo. Gêiseres são nascentes de rios que, quando a pressão sobre muito, entram em erupção periodicamente e jogam água para os ares. O fenômeno ocorre no mundo inteiro, mas cerca de metade do número total de gêiseres estão no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. Lá está o maior gêiser do mundo, o Steamboat, que joga seu jato até 90 metros de altura.
Os gêiseres podem, como a maioria dos fenômenos naturais, serem um pouco imprevisíveis, o que pode ser perigoso e já levou a morte algumas pessoas que quiseram chegar perto demais.


O gêiser é uma demonstração espetacular do poder da Terra no subsolo. Gêiseres são nascentes de rios que, quando a pressão sobre muito, entram em erupção periodicamente e jogam água para os ares. O fenômeno ocorre no mundo inteiro, mas cerca de metade do número total de gêiseres estão no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. Lá está o maior gêiser do mundo, o Steamboat, que joga seu jato até 90 metros de altura.
Os gêiseres podem, como a maioria dos fenômenos naturais, serem um pouco imprevisíveis, o que pode ser perigoso e já levou a morte algumas pessoas que quiseram chegar perto demais.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

O asteroide 2012 DA14 passou por volta das 17h25




O asteroide 2012 DA14 passou por volta das 17h25 (hora de Brasília) a uma distância de 27 mil km da Terra, de acordo com cientistas da agência espacial americana (Nasa).Eles acompanharam em tempo real o fenômeno e transmitiram via internet imagens obtidas pelo observatório Gingin, localizado na Austrália.

queda de um meteorito na região de Tcheliabinsk na Rússia

Rússia - A queda de um meteorito na região de Tcheliabinsk na Rússia, nas proximidades dos Montes Urais, deixando quase 500 feridos, é o acidente de maiores consequências originado por um corpo celeste na Terra nos últimos anos.
Os fragmentos do meteorito causaram danos em pelo menos seis cidades. O corpo celeste caiu por volta das 9h20 hora local (1h20 horário de Brasília), a cerca de 80 quilômetros da cidade de Satka, capital do distrito de mesmo nome.

Popular Posts