sábado, 15 de março de 2008

ISRAEL:


Quando lemos a Bíblia,deparamos com centenas de nomes de lugares da Terra Santa,onde desenvolveu-se a maravilhosa História da Salvação.
Movidos por irreprimível curiosidade,desejamos conhecer tudo isso.Nem sempre,porém,é possível fazê-lo.
E por que não visitá-los,então,espiritualmente??
Apelemos,pois,à geografia Bíblica.Nas asas de suas minuciosas e exatas descrições,voemos a Israel.Palmilhemos os lugares percorridos pelos patriarcas,profetas e apóstolos.Em cada acidente geográfico,a relevância do amor de Deus.
Uma nação paupérrima territorialmente,assim é Israel,um dos menores países do mundo.Em seu exíguo solo,entretanto,desenrolou-se todo o nosso drama espiritual.Terra mística e abençoada,serviu de berço a patriarcas,profetas,juízes,reis,sábios e justos.Guardada pelo Todo-Poderoso,acolheu em seus áridos regaços o Salvador da humanidade.
Não obstante suas acanhadas possessões geográficas,a Terra Santa sempre foi um ponto de discórdia entre os homens.Localizada no centro do globo,torna-se,a cada dia,mais polêmica.
Com a criação do Estado de Israel,em 1948,a herança abraâmica centrou-se,mais visivelmente,em nossos estudos escatológicos.Divisamos,no renascimento do minúsculo país semita,a aproximação da volta de Cristo.
Vale a pena,portanto,conhecer a geografia das terras pisadas pelo meigo,Jesus.Israel é solo sagrado por excelência.

SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA DE PAULO

SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA
Entre os anos 50 e 52 d.C. (At.15.40 a 18.22)
Terminado o concílio de Jerusalém (At.15), Paulo e Barnabé voltaram para Antioquia, levando consigo Judas, chamado Barsabás, e Silas. Alguns dias depois (At.15.36), Paulo inicia sua segunda viagem missionária, em companhia de Silas, com o principal propósito de visitar as igrejas estabelecidas nas cidades anteriormente visitadas.
Eis o roteiro da segunda viagem: Antioquia da Síria; Cilícia; Listra; Frígia; Galácia; Trôade; Macedônia/Grécia: Filipos; Tessalônica; Beréia; Acaia; Atenas; Corinto; Éfeso; Jerusalém; Antioquia da Síria.
Em Listra, Timóteo entrou na equipe de Paulo. Em Trôade foi a vez do médico Lucas. Paulo ficou um ano e meio em Corinto, ocasião em que estabeleceu a igreja. Daí escreveu aos Tessalonicenses.

PRIMEIRA VIAGEM MISSIONÁRIA DE PAULO

PRIMEIRA VIAGEM MISSIONÁRIA – entre os anos 47 e 49 (At.13 e 14)
Paulo esteve durante algum tempo participando da igreja em Antioquia. Esta cidade era muito importante. Chegou a ser uma grande metrópole ainda nos tempos dos reis gregos da Síria, os selêucidas. Após a conquista por Roma, continuou como capital da província e ali se encontravam os governadores romanos. Era bela, com muitos palácios e templos, dentre os quais se destacava o Santuário de Apolo. Nessa cidade havia uma grande colônia judaica, correspondendo à sétima parte da população.
Estando reunido com os irmãos em Antioquia, Paulo recebeu uma direção do Espírito Santo para empreender sua primeira viagem missionária juntamente com Barnabé. Partiram então, levando João Marcos.
Eis o roteiro da primeira viagem missionária de Paulo: Antioquia da Síria; Ilha de Chipre (Salamina e Pafos); Antioquia da Pisídia; Icônio, Listra, Derbe; Perge; Antioquia da Síria.
No meio da viagem, Marcos abandonou o grupo e voltou para Jerusalém. Por esse motivo, Paulo não quis levá-lo em sua próxima viagem (At.13.13).

Popular Posts